Quinta, 25 Maio 2017

O prefeito Júlio Fares participou nesta terça-feira, 16, de reunião convocada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico e Transporte, Comunicação e Obras Públicas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG – para tratar das condições da MG-050. Os constantes atrasos para a duplicação da rodovia, que têm causado inúmeros transtornos para moradores e empresários dos trechos onde estão sendo feitas as intervenções, pautaram o encontro. Mateus Leme está entre os locais mais prejudicados. E, mesmo depois de muitas promessas e compromissos assumidos pelas autoridades responsáveis pelo acompanhamento do contrato da Parceria Público Privada – PPP – não houve providências para solucionar a questão, o que motivou a ida do chefe do Executivo a Belo Horizonte nesta semana, para discutir o tema junto aos deputados. 

“Em fevereiro deste ano completou três anos das obras, o que vem gerando grandes prejuízos para o município. Quem vive ou tem negócios às margens da estrada sofre muito, há tempos, com essas condições impostas pela concessionária. Por isso, mais uma vez, estamos em busca de soluções para o caos que enfrentamos atualmente”, desabafou Júlio Fares.

Durante o encontro na capital, a empresa e o governo de Minas Gerais apresentaram um novo cronograma. A concessionária prevê aporte de R$ 617 milhões para investimentos nas intervenções, que promete iniciar ainda neste semestre. De acordo com o documento entregue à ALMG, serão duplicados mais 28 quilômetros de pistas e construídas terceiras faixas em outros 30 quilômetros, além de viadutos, pontes e passarelas, que contemplam Mateus Leme, além de Itaúna, Divinópolis, Formiga, Piumhi, Capitólio, Passos, Itaú de Minas e São Sebastião do Paraíso. A justificativa do grupo para a demora é a necessidade de adequação do contrato inicial à atual situação da via e às novas demandas das cidades que a margeiam, bem como entraves que surgiram durante as obras, como decisões judiciais e ajustes na legislação.

O Estado, por sua vez, representado por diretores da Secretaria de Transportes e Obras Públicas – Setop – garantiu que foi rígido com a empresa em relação ao descumprimento das cláusulas. Um exemplo citado ao longo da reunião, o sétimo termo aditivo, assinado em 05 de maio, definiu que a concessionária terá que arcar com R$ 58 milhões em multas a serem compensadas. 

Os parlamentares reforçaram os prejuízos que os atrasos das obras geraram para a população e ao desenvolvimento econômico do Estado e cobraram celeridade no cumprimento das intervenções. O novo acordo não prevê a duplicação entre o distrito de Azurita e Divinópolis, o que foi analisado como um dos problemas estruturais do contrato. Júlio Fares reclamou de várias intervenções paralisadas em Mateus Leme e solicitou uma visita dos deputados à cidade juntamente com representantes da empresa e do Estado.

ANIVERSÁRIOS

O Secretário Municipal de Educação Márcio Santiago, fez aniversário, no domingo, dia 14 de maio e recebeu muitos cumprimentos pela data. Parabéns e felicidades.

Simone de Fátima Martins Moreira, comemorou mais uma   primavera na quarta-feira, dia 17 de maio. Simone é esposa de Carlos Roberto Moreira e mãe de Lucas Moreira e Stela Martins Moreira. Parabéns Simone.   

O Secretário Municipal Adjunto de Saúde, Rogério Ciqueira, aniversariou na quinta-feira, dia 18 de maio. Rogério é residente na Comunidade de Sítio Novo. Felicidades.

 

INAUGURADO

Foi inaugurado em Mateus Leme, o Oi Flor Deck Beer, que fica na Rua Miguel Alves da Silva, 915. É um espaço super original e apresenta para essa sexta-feira, dia 19 de maio, a dupla Ícaro & Alex, às 20 horas. Vale conhecer o Oi Flor.

 

CORES

O tão esperado Festival das Cores de Mateus Leme, acontece no sábado, dia 08 de julho, de 14 às 20 horas, no Campo do Guarani, com várias atrações musicais, destacando Petrine, Daimyo, DJ Beto Carrasco, Denis Beagá, Ícaro & Alex e Rabelo & Daniel. Corra e adquira seu ingresso, pra você não ficar de fora do festival.

 

MÚSICA

O Festival para a escolha dos grupos/banda/dupla, para apresentação nas festividades de junho, será no sábado, dia 03 de junho, na Praça central. Corra e faça sua inscrição na Prefeitura de Mateus Leme, Secretaria de Cultura.

 

FEIRINHA

As inscrições para o Concurso Garoto e Garota Feira 2017 continuam abertas e podem ser feitas com Vilma, na Barraca do Tropeiro. A feirinha convida também para o show com o músico Nilton Muniz, neste sábado, dia 20 de maio, a partir de 11 horas.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec – vai oferecer 15 cursos gratuitos para os moradores de Juatuba. A medida foi viabilizada pela parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, com o Circuito Veredas do Paraopeba, e visa contribuir para a capacitação profissional da população, fomentando, ao mesmo tempo, as atividades turísticas, com a qualificação dos serviços prestados na cidade. 

O período de inscrições começa na segunda-feira, 22, e vai até 14 de junho, mas o número de vagas é limitado. Os cursos são para auxiliar de fiscalização ambiental, assistente administrativo e de recursos humanos, inspetor de qualidade, espanhol e inglês básico, Língua Brasileira de Sinais – Libras -, recepcionista, produtor de cerveja, editor de projeto visual gráfico, editor de vídeo, eletricista de audiovisual, fotógrafo, ilustrador e locutor-apresentador-animador. 

A idade mínima para participar é de 16 anos. As matrículas serão feitas na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Fundação Dona Preta, na rua José Monteiro, 200, Centro, das 14h às 17 horas. Os interessados devem comparecer ao local, munidos de Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento, CPF e comprovante de endereço. Mais informações pelo telefone 3535.5524.

A Associação Arte, Cultura e Fantasia – AACF – participará no mês de agosto da Feira Mineira de Iniciação Científica – Femic. A mostra será realizada em Mateus Leme e reúne projetos de estudantes e professores da educação básica, Educação de Jovens e Adultos – EJA -, e educação profissional e técnica de escolas públicas e privadas de todo o estado.

A feira está marcada para os dias 16, 17 e 18 de agosto, e promove iniciativas mineiras no campo das pesquisas científicas, proporcionando ao público a oportunidade de participar de uma série de palestras, oficinas, mini cursos e atividades. A iniciativa é da  Associação Mineira de Pesquisa e Iniciação Científica – Ampic -, em parceria com a Universidade do Estado de Minas Gerais – Uemg, e a Prefeitura de Mateus Leme. O evento tem apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. Interessados podem inscrever os trabalhos no campo da ciência e/ou tecnologia até o dia 26 de maio.

Com a proposta de valorizar os programas do próprio município, a Femic convidou a entidade assistencial a participar com os projetos “Coral Encanto”, “Dançando com Arte” e “Tambores da AACF”. As apresentações serão durante a cerimônia de premiação da feira. A instituição terá ainda um espaço onde irá expor os trabalhos que desenvolve. 

A AACF é uma entidade sem fins lucrativos destinada à criação e execução de iniciativas sociais e culturais voltados para adultos, adolescentes e crianças a partir dos cinco anos de idade. Hoje, a instituição atende aproximadamente 75 pessoas em quatro diferentes projetos. No último dia 06, os alunos fizeram uma visita ao Instituto Inhotim e puderam conhecer um pouco sobre o local que abriga o maior acervo de arte contemporânea do Brasil.

A tradicional Cavalhada Feminina de Mateus Leme toma conta da cidade neste sábado, 20, e domingo, 21. A programação começa hoje às 18h, com a concentração das amazonas na casa da festeira Beatriz Silva, que fica na rua Cel. Tomaz de Andrade, 515, no Centro. A partir das 18h10, oração seguida de procissão com a imagem e bandeira de Nossa Senhora Aparecida até a Igreja Matriz, onde será celebrada a missa. Amanhã, as atividades começam às 12 horas, com encontro das corredoras na área central e após, as apresentações no Campo do Guarani.

A Polícia Militar executou durante esta semana, em Mateus Leme, o projeto “Túnel das Drogas”. O objetivo da iniciativa foi conscientizar, principalmente os jovens, quanto aos males causados pelo uso de entorpecentes. O estande foi montado no Centro Comunitário. Os visitantes puderam ver de perto, e até participar, de encenações, fases e situações que simularam as condições de pessoas envolvidas com tóxicos. 

Segundo o tenente da PM, Alex Teodoro, “o Túnel das Drogas possibilitou apresentar aos alunos das várias escolas da cidade, uma vivência sobre os passos no mundo dos entorpecentes”. “O diferencial da medida está em causar no jovem uma impressão forte sobre essa realidade, a fim de que ele possa relembrá-la ao longo de sua vida, principalmente naqueles momentos onde o contato com os tóxicos se apresenta mais tentador”, completa.

A boa comida mineira estará em destaque mais uma vez entre os dias 02, 03 e 04 de junho, na Praça dos Três Poderes, com mais uma edição do “Temperos de Juatuba”. O festival que já se tornou tradicional na cidade, tem a proposta de divulgar e valorizar a culinária da região e cresce a cada ano. Para 2017 foram inscritos quase 20 pratos, que terão como ingredientes principais batata, mandioca, peixe e costela de porco, e ficarão disponíveis nos cardápios de bares, restaurantes e na feira montada no espaço reservado ao evento. 

Para completar a diversão, música, com repertório variado. Na abertura, a animação do público ficará por conta de “Dois Meios” e Fábio Camillo. No sábado se apresentam Dayse Carvalho, a banda Chocolate e a cantora Vell Rodrigues. Para domingo, foram reservados os shows de Chulaska, Fausto Caetano e Samba dos Amigos. 

O “esquenta” começa hoje, 20, numa promoção inédita, com uma espécie de blitz. Para aproveitar, basta imprimir um passaporte na página oficial da Prefeitura na rede social Facebook e apresentá-lo nos estabelecimento participantes. A cada dez carimbos será concedido desconto de 10% nos pratos oferecidos durante o festival. 

O “Temperos de Juatuba” é uma iniciativa da Prefeitura, executada pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. O festival tem apoio da Agência de Desenvolvimento Regional do Circuito Turístico Veredas do Paraopeba e do Projeto Cultural e Patrimonial Preservar. Mais informações em www.juatuba.mg.gov.br.

A Câmara Municipal de Juatuba instituiu, no início deste mês, a Comissão Especial de Segurança Pública. A iniciativa é do vereador Alexandre Avelar, que se tornou membro, juntamente com os colegas Jorge Antônio Pereira de Melo, que é delegado em Itaúna, Wellington Pinheiro e Alex Martins. A resolução foi discutida e votada em 08 de maio e já no dia 11, os integrantes do grupo se reuniram pela primeira vez. 

Estiveram presentes representantes do Legislativo e Executivo, além da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Ordem dos Advogados do Brasil - OAB. A ideia é unir forças e envolver todos os responsáveis pela segurança pública a fim de criar políticas que melhorem a qualidade de vida na cidade, diminuindo os índices de violência e criminalidade. A intenção da Comissão de Segurança Pública é integrar os poderes, trabalhando de forma conjunta pela cidade, que nesse ano já recebeu reforço no setor com a chegada de novos policiais militares e também viaturas.

De acordo com dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Juatuba tem situação complicada no que se refere aos crimes violentos, que envolvem estupro, homicídio e roubo, por exemplo. Os registros tiveram aumento considerável em relação aos anos anteriores, sendo 476 casos em 2016, e 368 em 2015. O mesmo ocorreu com os crimes contra o patrimônio que tiveram de mais de 26%, sendo 433 ocorrências. Já em 2017, a Polícia Militar divulgou balanço dos três primeiros meses, em que os números apontaram para redução da criminalidade. Segundo informações da PM, a incidência de crimes violentos caiu 37,8% em relação ao mesmo período de 2016.

Aproveitando a temática, o 3º Pelotão de Juatuba também realizou reunião com todos os militares a fim de estabelecer novas táticas de prevenção na região. O debate girou principalmente em torno de atuar de forma a evitar os crimes, e em caso de ocorrência agir de forma rápida na busca por soluções. Na ocasião foi citada ainda a necessidade de uma cobertura mais ampla em toda a extensão territorial de Juatuba.

A prefeita Valéria Aparecida dos Santos assinou na sexta-feira, 12, a ordem de serviço para asfaltamento das ruas José Maria Alecrim, Francisco Gama Neto e Governador Valadares, no Satélite. Os recursos que vão possibilitar a continuidade das obras de pavimentação foram garantidos pela devolução de parte do duodécimo pela Câmara. As obras atendem a uma reivindicação antiga da comunidade, que até o ano passado, protestava com freqüência contra a infraestrutura precária e agora vem aos poucos, sendo contemplada com melhorias. 

Em 2017, a situação de abandono e descaso que tomava conta da região começou a ser modificada. Nos últimos meses, a Prefeitura asfaltou 460 metros da avenida JK, uma das principais do bairro, e de acordo com informações divulgadas, outras intervenções estão sendo programadas. 

Letícia Souza Santos, de 31 anos, comemorou a chegada do asfalto à via onde mora. “Essa obra vai valorizar mais o nosso bairro, que já é um bom lugar para viver por causa da tranqüilidade”, comentou. Alício Rodrigues de Oliveira, 86, também foi conferir de perto o início dos trabalhos e demonstrou satisfação com a iniciativa.  “A prefeita está cumprindo um compromisso que assumiu com a população e fico grato porque a população está sendo beneficiada”, afirmou.

Mesmo diante de novas promessas de regularização do cronograma de obras na MG-050, por meio de outro termo aditivo ao contrato, autorizado pelo governo do Estado, a administração de Mateus Leme pretende acionar a Justiça. O objetivo do Executivo é cobrar judicialmente os prejuízos causados a moradores e comerciantes da cidade devido ao atraso das obras e às condições em que estão os trechos  que recebem as intervenções, principalmente nas imediações de Azurita. 

Informações obtidas pela reportagem junto à assessoria do prefeito Júlio Fares é de que a petição está sendo elaborada pelo departamento jurídico. A intenção da Prefeitura é de protocolar a ação em aproximadamente 15 dias, assim que todos os levantamentos estiverem concluídos. 

Fares alega que as obras têm afetado a infraestrutura de ruas utilizadas como rotas de desvio, causando transtornos e riscos para motoristas e pedestres. Além disso, a queda do movimento nos estabelecimentos comerciais às margens da rodovia é uma realidade, vivenciada há tempos pelos empresários. 

Aos prejuízos, somam-se as tragédias registradas no trecho entre a área central de Mateus Leme e o distrito de Azurita, com muitas colisões e atropelamentos, vários desses acidentes com mortes. A entrega da duplicação e melhorias no acesso, que incluem a construção de viadutos, passarelas e instalação de rede de captação pluvial, estava prevista para 2014. O compromisso firmado não foi cumprido e em fevereiro fez três anos que as intervenções veem sendo feitas, lentamente. “A situação que vivemos hoje demonstra o descaso com que temos sido tratados pela concessionária. Já pedimos mais celeridade, fizemos reuniões, solicitamos vistorias técnicas e destacamos o quanto estamos sendo prejudicados. Porém, não tivemos, até o momento, nenhum retorno positivo”, declarou o prefeito. 

O governo confirmou ao JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME que vai embasar o processo judicial no atraso para cumprimento do cronograma e nos problemas enfrentados no perímetro urbano, como, por exemplo, os transtornos causados com o desvio do tráfego para dentro da cidade. As vias do município também ficaram deterioradas em virtude das intervenções. Caso da rua Guaraciaba Passos, que teve a pavimentação asfáltica praticamente destruída, o que gerou danos ao erário, devido à necessidade de investimentos para a recomposição. “Estamos fazendo os cálculos e vamos cobrar, na Justiça, que a empresa arque com os prejuízos”, frisou Fares.

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE