Terça, 27 Junho 2017

Juatuba e Mateus Leme ganham recursos extras para reforço da vacinação contra a febre amarela

Publicado em Saúde Segunda, 10 Abril 2017 15:13
Avalie este item
(0 votos)

Portaria publicada no Diário Oficial da União autoriza o repasse de mais de R$ 19,2 milhões pelo Ministério da Saúde, para que municípios de todo o país possam intensificar a imunização contra a febre amarela.  Os últimos dados oficiais, divulgados em 29 de março, apontam que foram notificados 1.124 casos da enfermidade, sendo 398 descartados e 376 confirmados. Em relação aos óbitos, houve 201 notificações, atestando 137 em decorrência da doença. 

Minas Gerais tem o maior número de municípios beneficiados com o aporte para reforço da imunização, recebendo mais de 55% do montante destinado pelo Ministério da Saúde. Na lista divulgada aparecem 366 cidades mineiras, 85 paulistas, 41 fluminenses, 18 capixabas e 16 baianas. Juatuba, onde foi confirmada morte de macaco por febre amarela, vai receber R$ 26.254,70 para investir nas ações de prevenção. Para Mateus Leme, o montante liberado é de R$ 31.335,69. 

A vacina está disponível em todas as unidades de saúde e a orientação é de que as pessoas compareçam ao posto mais próximo de casa, munidas da caderneta de vacinação. O documento é importante para que os profissionais da área verifiquem a necessidade de recebimento da dose.

Aedes aegypti

Uma recomendação importante é para que a população mantenha os cuidados em relação aos focos do Aedes aegypti, que, além de causador da dengue, zika vírus e febre chikungunya, é também o principal transmissor da febre amarela urbana. Portanto, o combate ao mosquito deve ser redobrado, com atenção especial à limpeza dos lotes e domicílios. Não deixar água parada e nem lixo acumulado são medidas essenciais para evitar a proliferação do inseto.

Lido 137 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE