Domingo, 30 Abril 2017

Agência libera mapeamento em 3D para projetos em Juatuba

Publicado em Cidade Segunda, 03 Abril 2017 15:51
Avalie este item
(0 votos)

A parceria com a Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte – RMBH -, garantiu à Prefeitura de Juatuba um importante material: o mapeamento da cidade em 3D, desenvolvido pela entidade a partir de uma metodologia inovadora do Instituto de Geociências Aplicadas – IGA. O levantamento, de acordo com o secretário de Planejamento e Coordenação, Júlio Cézar Gomes, vai contribuir com o desenvolvimento de muitas ações importantes, uma vez que permite à administração conhecer o município detalhadamente. 

O acervo cartográfico foi feito na escala de 1 por 10 mil, o que significa que um centímetro no mapa corresponde a dez mil na realidade. O resultado é obtido a partir da geração de uma ortofoto volumétrica, ou seja, uma imagem fotográfica retificada para remover quaisquer distorções ou deslocamentos do relevo. 

Assim, é possível identificar nascentes, vegetação, loteamentos; fazer estudos dos serviços de saneamento e transportes e analisar o uso e ocupação do solo, por exemplo. “É uma ferramenta essencial para que possamos planejar o governo. Teremos condições de fazer levantamentos fundamentais sobre as condições de Juatuba e a partir daí, poderemos melhorar significativamente os nossos projetos”, garante Júlio Cézar. 

Segundo o gestor, o diagnóstico feito a partir da análise das ortofotos dará à Prefeitura a possibilidade de criar um banco de dados, com informações detalhadas, disponibilizadas a todas as secretarias. “Precisamos modernizar nosso trabalho e creio que esse seja um dos caminhos. Temos necessidades urgentes, como o Plano de Saneamento Básico, o Plano Diretor, e prioridades na infraestrutura; questões sociais, identificação de áreas verdes, entre outras”, comenta. O secretário ressalta que o Município teria que gastar cerca de R$ 2,5 milhões, caso optasse por contratar uma empresa para realizar o geoprocessamento. A partir do convênio com a Agência Metropolitana, o acesso às mesmas informações sairá de graça.

Espaço do Plano Diretor

Na terça-feira, 28, foi inaugurado em Juatuba o Espaço do Plano Diretor, que vai funcionar na recepção da Câmara Municipal. A iniciativa visa fazer com que a população participe da elaboração do projeto que vai revisar as diretrizes para o uso e ocupação do solo na cidade. A população poderá protocolar no local as sugestões que tiverem de melhorias para o desenvolvimento do município. 

Os estudos para a criação do novo Plano Diretor de Juatuba têm apoio do governo de Minas Gerais, por meio da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte, e da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. Integrante da equipe da instituição de ensino superior, Geraldo Magela Costa, destacou a importância do envolvimento da sociedade: “Isso é necessário para que possamos ir além, porque um plano com um mínimo de participação popular morre depois de concluído. Nós  estamos otimistas, acreditamos que o Plano Diretor terá continuidade, pois desta vez temos também um grupo de acompanhamento participando do processo”, afirmou. A sede do Legislativo fica na rua Mário Teixeira, 10, Centro, e as ideias poderão ser depositadas numa urna, de segunda a sexta-feira, das 08h às 17 horas.

Lido 180 vezes

Deixe um comentário

SUGESTÃO DE MATÉRIA

EDIÇÃO EM PDF ONLINE